domingo, 13 de maio de 2007

Redescobertas



Essas linhas contém tanta novidade quanto seu cotidiano.




O que ofusca a vida é o nosso olhar viciado para o mundo. Um acerto de contas com os dias que, exaustivamente se repetem, até que um torpor te impeça de compreender a simplicidade das coisas.



Eu queria mesmo é voltar a ser criança. Só para enxergar o elefante engolido por uma cobra no desenho de Exupéry. Sei que um dia já me encantei com uma folhinha se encolhendo com o toque do dedo. Poucas descobertas foram tão comemoradas.



E hoje é tudo tão sem graça que fui pega de surpresa por uma mini-pessoa me dizendo no meio de um vendaval:



_ Dani! Olha! As folhinhas estão dançando!




Um comentário:

maza disse...

sem palavras... esta lindo e fico admirado com suas expressões e palavras tão harmoniosas que se encaixam de forma bela...

Te Amo!