quinta-feira, 23 de outubro de 2008

A Hilde é a Sofia?!

a
a *
a
a
a
a
a
aa
a
a
a
aa










Uma vez eu estava vindo de Curitiba, 3 horas de ônibus. No banco de trás um pai estava contando a história de O Mundo de Sofia para a filha. Deu tempo de contar a história inteira, o que foi muito útil pois nunca passei da metade. Eu tinha vontade de olhar para trás, e ver a cara da menina, mas só ela conseguia me ver pelo reflexo da janela. Foi a única vez que alguém me viu sem fones de ouvido em um ônibus.


Não perca o próximo post. Ele virá com uma seção especial narrando minuciosamente o dia-a-dia em uma fazenda de formigas.


(*) Se você é uma dessas crianças, entre em contato para receber o pagamento correspondente ao direito de imagem. Exigimos comprovação mediante nota fiscal do capacete.

3 comentários:

Jéssi disse...

Eeeee!!!
Viva a volta de Kopsch pergunta! ao mundo dos blogs, hahahaha.

Morta de curiosidade pra ler a história das formigas.

;***

aline. disse...

Pra você se sentir melhor, vou te contar uma segredinho, eu nunca passei da primeira páginda.

Gabriela Beckert disse...

Pior eu, nunca se quer pegay nesse livro. Não sou uma boa menina!
Me perguntas quantos de terror eu já li?!

ps.: será que ficar ouvindo "conversa" dos outros no ônibus é coisa de librianos?
ps2.: também parei um pouco com essa mania aderindo a moda dos fones de ouvido.