terça-feira, 30 de outubro de 2007

Passo a bola


de Manuel Puig.

Este é o livro que estava mais próximo (bem mais próximo - a 15 cm da minha mão direita) e, de acordo com a missão que Sr. Bezzi me designou, escrevo aqui a 5ª frase da página 161.


"Seria ótimo a gente entrar para direito, o Charrua vai para a faculdade, fode com uma pinta bárbara, eu dou um nó em triângulo formidável, o que me dá no saco são as gravatas do meu irmão onde tenho que dar o nó a puta da gravata está cheia de gordura, cobrir a gordura desse puto nó eu tenho que dar com a ponta larga da gravata, fica um nó formidável de triângulo mas grosso como a puta que o pariu, e porra para meu irmão o infeliz de merda, será que ele não pode me dar uma gravata mais nova?"

Esse trecho é o responsável por aumentar o meu repertório de palavrão em 50%
Logo, meus indicados para a seguinte tarefa:


1ª) Pegar um livro próximo (PRÓXIMO, não procure);
2ª) Abrir na página 161;
3ª) Procurar a 5ª frase completa;
4ª) Postar essa frase em seu blog;
5ª) Não escolher a melhor frase nem o melhor livro;
6ª) Repassar para outros 5 blogs.
São:

- Aline Wernke, de Dislexia Verbal;
- Gabriela Beckert, de Bee Bee Sheep;
- Gilberto Mendes, de Nel Mezzo Del Cammim;
- Jefferson Emmerich, de Grand Prix;
- Ricardo Aoki, de Soco na Costela.

2 comentários:

alice. disse...

Sabe, eu preciso mesmo de um gravador, pq eu bebinha falo tanta coisa que nem eu imagino.
Sobre esse passe-repasse, vou ser a estraga prazer novamente, pq a Lilian me mando uma dessa e eu não fiz e como agora o livro que ta próximo de mim, nem tem a página 161, fodeu.
É que eu cansei de me sentir sempre só, queria alguém do lado, nao que namorado seja sinômino disso, ja namorei tanto babaca ausente que meu deus. Mais seilá, é uma neura fruto de ler ser parar Tati Bernardi.

GILBERTO AVELINO MENDES disse...

Caracas, realmente, também é a frase que eu li onde tem mais palavrão por centimetro quadrado da história. De toda a forma, está aceita a missão e tentarei cumpri-la com galardia. Só para informar-lhe, mon ami, o livro que estava mais próximo de mim era o que eu estava terminando de ler, o Admirável Mundo Novo, de Huxley e estarei amanhã postando a frase da página 161, no nel mezzo del cammim, espero que seja boa e interessante!